APRESENTAÇÕES

// ABERTURA //

2 de junho | 19h30
Floripa Shopping
Entrada Franca

Mimulus Cia de DançaFragmentos de Espetáculos com Jomar Mesquita e Juliana Macedo

Ao longo de seus 20 anos, a Mimulus Cia de Dança vem buscando a construção de uma linguagem nova e modelar. Sintonizada com as concepções contemporâneas da dança, assume os desafios do experimentalismo, valorizando o processo coletivo de criação, incentivando e promovendo a pesquisa, constituindo um vocabulário instigante e uma linguagem original que chega ao público, através de seus espetáculos, de maneira forte e arrebatadora.

Sob a direção artística de Jomar Mesquita, a Cia cumpre intensa programação anual, transita com grande desenvoltura entre o palco e a rua, dentro e fora do país. As apresentações dos espetáculos da cia destacam-se nos principais acontecimentos da dança mundial, como na Bienal de Lyon e a Maioson de la Danse, o Festival Madrid em Danza e o Jacob’s Pillow Festival.

No Dança em Cena, os bailarinos Jomar Mesquita e Juliana Macedo apresentarão fragmentos de espetáculos da companhia em dois momentos da Mostra de Dança, além de participação no Baile Arena.

// CURTA-ESPETÁCULOS //

3 de junho | 20h
Teatro Pedro Ivo
Entrada Gratuita

Ingressos nas bilheterias dos teatros TAC, CIC e Pedro Ivo ou no Espaço do Cliente do Floripa Shopping.

South FlavorEstudo sobre a liberdade

South Flavor é uma jovem companhia de danças urbanas dirigida pelos professores Julia Milan e Gui Fant. Tem como seu principal objetivo pesquisar as danças urbanas em novas possibilidades corporais e musicais dentro deste estilo.

Estudo sobre a liberdade é um fragmento do espetáculo de dança Asas, desenvolvido em 2015 pela Cia South Flavor, estrelado por Gui Fant e Julia Milan, com direção de Elisa Schmidt. A pesquisa foi desenvolvida através de conexões entre as danças urbanas e o contato improviso.

Neste curta espetáculo, o movimento funde-se com o desejo íntimo de arquitetar um sujeito autônomo e livre. Por meio da composição de cenas suaves, dançadas ao som da música brasileira, procuramos uma antítese à excessiva exposição de imagens de violência lançadas pela mídia. Sendo assim, em nossa dança exploramos uma aventura existencial dotada de sentimento, sem nos restringirmos à gravidade da vida.

Grão Cia de DançaMoebius

“O amor é como um grão morre, nasce trigo vive, morre pão”. Grão é uma representação simbólica da força que cresce dentro de cada um, porém que se fortalece com a presença – existência e intervenção do outro. Somos uma jovem companhia de Dança a dois, que pesquisa o diálogo entre a Dança de Salão e outras possibilidades corporais, em busca da composição e transmissão de nossos desejos/ideias. A cia é dirigida pelos professores Gabriel Ferreira e Lidiani Emmerich e atualmente se dedica à circulação do espetáculo Moebius, através de editais de incentivo à cultura.

O espetáculo Moebius explora através da dança caminhos de solidão e re-encontros que se abrem ao tempo dilatado da dúvida, da curiosidade e da observação prolongada de seus percursos diários, trabalhando a escolha como ação fundamental de pesquisa. A relação de que o fim denuncia necessariamente um recomeço, trouxe a analogia à obra “fita de Moebius” do artista gráfico Maurits Cornelis Escher, que traz ainda inspiração visual através do paradoxo de seus trabalhos.

Grupo Laut![BLIND]AGEM

O LAUT! é um grupo de danças urbanas contemporâneas, criado em Florianópolis, em fevereiro de 2008 e que busca por um estilo único. Apesar de ser uma companhia de dança urbana, não se baseia no Hip Hop mas faz uma leitura e escrita própria dos movimentos deste gênero. Formado por um elenco variado, o LAUT possui bailarinos vindos de estilos e modalidades diferentes, como ballet, jazz, contemporâneo e danças urbanas. Diante dessa diversidade, o grupo percebeu que poderia utilizar estas especialidades como fonte de inspiração para seus trabalhos e a construção de uma linguagem própria através das interferências dos vários estilos e suas possibilidades artísticas.

Os olhos nos permitem ver o mundo. Mas, paradoxalmente, a ausência da visão pode nos permitir enxergalo
ainda melhor. Não vemos formas, mas sentimos texturas; não vemos imagens, mas percebemos
movimento. A ausência da visão coincide também com o nascimento de um novo corpo. Um corpo que
pulsa num estado de blindagem: livre, devido à suspensão ilusória de barreiras físicas no espaço novo que
se cria; e preso, tendo em vista a suscetibilidade e o medo que emergem da ausência de referências. Esta é
a beleza da blindagem: ao mesmo tempo, propulsora e paralisante.

Daniela AlvesDireção Múltipla

Daniela Alves leciona balé clássico e dança contemporânea desde 1998, em academias, escolas, centros culturais e comunitários, para adultos e crianças. De 2000 a 2005, fez parte da equipe pedagógica e de coordenação do Projeto Social Aplysia, incentivado pelo Prêmio Brazil Foundation (2003) e pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Santa Catarina (2004). De 2007 a 2009, dirigiu o Espaço da Dança de Antônio Carlos, apoiado pela Prefeitura do Município. Em 2011, lecionou no Projeto Social Transforma, junto com Alba Lima e sob a direção de Renata Afonso. Atualmente, faz parte da equipe de professores de três importantes centros de dança de Florianópolis: Cenarium Escola de Dança, Garagem da Dança e Kirinus Escola de Dança.

O espetáculo DIREÇÃO MÚLTIPLA foi concebido a partir de uma ferramenta de investigação compositiva denominada Direção Múltipla Virtual, criada pela bailarina Daniela Alves. Trata-se de um mecanismo que funciona a partir da postagem de vídeos em um grupo virtual formado por pessoas interessadas em participar do processo criativo. Os vídeos são compostos de “partituras corporais propositivas”, que, como sugere o nome, têm o corpo como fundamento compositivo.

// ARTE URBANA EM MOVIMENTO //

4 de junho | Floripa Shopping

 

Entrada Franca

Um dos momentos mais aguardados do evento, o Arte Urbana em Movimento visa dar mais visibilidade às danças urbanas através da Mostra de Dança,  além de uma batalha show, um showcase e uma vivência interativa com o ícone das danças urbanas Octávio Nassur.

Mostra de Danças Urbanas

Sem caráter competitivo, nossa Mostra de Dança também contempla um período para que os grupos locais possam seus trabalhos desenvolvidos nos diversos estilos de danças urbanas. Tem um grupo? Faça a inscrição aqui. 

Show Case – Popping:

SandrinhoNos Trink Criu

17h

Vivência em dança Charme com Octávio Nassur

16h30

Idealizador e coordenador geral do FIH2 Festival Internacional de Hip Hop e do Brasil Tap Jazz Festival Internacional de Dança, ambos realizados em Curitiba. Coordenador Nacional do MBA em Dança – da Gestão aos Aplausos – da Faculdade Inspirar em Curitiba, Porto Alegre, São Paulo e Belo Horizonte. Coordenador da Pós-graduação em Atividade Física – Esporte e Arte na Criação e Gestão de Produtos – Universidade Positivo. Autor do Livro “Culinária Coreográfica – Desmedidas de receitas para iniciantes na cozinha cênica”.Pesquisador especializado em Hip Hop em Los Angeles/EUA. O currículo já deixa claro que você não pode perder essa vivência em dança Charme com Octávio Nassur.

Batalha Show – Breaking:

17h

Bboy Dee DragonPositive Origens

Bgirl MollyNos Trink Criu

DJ Monkey

Bboy WellingtonPositive Origens

Bboy GuhPositive Origens

MC Wagner WagzNos Trink Criu

Bboy NiuNos Trink Criu

Bboy GeisonBrooklyn 26

Bboy RenatoJato Break

Bboy Gui FantSouth Flavor

PROGRAMAÇÃO

  • NADA ENCONTRADO COM ESTE FILTRO!